CASAMENTO DA TIA MARIA, ENFIM, CASADA


    Tia Maria realiza enfim o sonho dos laços sagrados do matrimônio, como manda o figurino, de véu e grinalda. A mulher da esquerda está um pouco invejosa, ela está pensando que se a tia Maria conseguiu casar ela também pode, mas, por que ainda não conseguiu. A moça de azul parece estar pensando que poderia ter vindo de vestido vermelho, enquanto a da direita certamente é uma repórter, pelo modo como segura o buquê de flores. Os recém-casados, ansiosos pela lua de mel. O Padre disse: Pode beijar a Noiva, e depois desapareceu da cena. Nunca é tarde para casar-se, nem para divorciar-se. Se não pensa em casar, nem em separar-se, seja um solteiro(a) convicto, e namore pra sempre.