NOS PRIMÓRDIOS DA ODONTOLOGIA


    Você tem medo de ir ao dentista? Imaginando o barulho da broca do motorzinho? Não é minha área, porém, soube que já existem substância que corroem apenas a parte da cárie. Bisturi a laser, e acredite, não é o Dentista da Enterprise. Verdade é que num futuro não muito distante o barulho da broca será coisa do passado. Mas, nesse registro bucólico, vemos uma cena dos primórdios da odontologia. Lembre-se, nessa época não existia anestesia, só o vinho, era comum o barbeiro ser dentista também. Acho que o único alento dessa cena era que o o velho estava tão bêbado, que pensou que era o próprio Jesus Cristo que estava extraindo o dente dele. Atente também para o lazer proporcionado pela cena, vários desocupados, assistem a agonia do pobre senhor. Num mundo sem muita opção de divertimento, cheio de pestes e guerra (hoje não temos nenhum desses problemas) a extração de dentes tornava-se uma festa. Algo do tipo: "Não vou poder ir a missa, vai ter uma extração de molar, no Domingo".