PRA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI DAS FLORES


     Esta música do Geraldo Vandré é emocionante, imagino na época que foi composta, em plena ditadura deplorável. Flores colocadas na boca dos canos das armas nos protestos contra a guerra do Vietnam, cartazes dos hippies com o símbolo da paz e amor, e flores. Graças a internet, quando queremos mandar flores, mandamos um wink de flores, muito melhor que colhê-las. Eu gosto de pássaros livres, voando fora da gaiola, e flores no jardim, ou num vaso. Certo, você vai dizer que elas são belas, um ótima demonstração de afeto, fora o aroma, etc. Bom, e quando elas murcham, ninguém gosta de vê-las assim não é mesmo?. Ter que pegá-las e jogá-las no lixo, afinal, que mulher gosta de flores murchas e secas?. A Mortícia, da família da Família Addams, certamente apreciaria. Uma boa opção é dar flores de plástico, pois, como diz a letra dos Titãs: "As flores de plástico não morrem".