MENSAGEM NA GARRAFA

    Antigamente a única change de algum náufrago era uma mensagem de socorro deixada numa garrafa com uma rolha, hoje em dia a própria rolha é um Pen Drive. Algumas mensagens não de socorro também foram deixadas assim, para que alguém as achasse, ou para saber o quanto as garrafas "viajariam" pelo oceano até serem encontradas por algum destinatário do acaso, e respondidas, pois era de muito interesse saber onde tinha sido encontrada. Recentemente uma mensagem deixada 33 anos atrás foi respondida, via Facebook, como publicado na Folha Online - Informática:

Mensagem de garrafa é respondida 33 anos depois via Facebook

da Efe, em Bruxelas


Um belga que lançou uma garrafa ao mar com uma mensagem dentro recebeu uma resposta 33 anos mais tarde por meio da rede social Facebook.
Olivier Vandewalle passava suas férias navegando pelas costas britânicas quando arrancou uma página de seu caderno e decidiu contar sua aventura.
"Eu sou um menino de 14 anos e vivo na Bélgica. Não sei se você é uma criança, uma mulher ou um homem. Navego em um barco de 18 metros. Seu nome é Tamaris. Ao mesmo tempo em que escrevo esta carta acabamos de passar por Portland Bill, no litoral sul da Inglaterra. Partimos esta amanhã", dizia a mensagem.
A britânica Lorena Yates encontrou a mensagem na garrafa em Swanage, no sul da Inglaterra.
A inglesa não duvidou e com os únicos dados que tinha, o nome e o lugar de origem do autor da mensagem, decidiu buscá-lo no Facebook e 33 anos depois a mensagem recebeu uma resposta por intermédio da internet.
Quando o belga leu a mensagem de Lorena em seu perfil não sabia de que ela estava falando, mas, uma vez que ela mencionou o nome do barco, ele se recordou da mensagem que enviou quando era um adolescente.