Cachorro-Aranha, Vai Teia, Vai!

    Apesar do Homem-Aranha ser um super-herói, os cães por milhares de vezes salvaram a vida de seus donos, em alguns casos sacrificando a própria vida, casos de cães que entraram em lutas fatais com outros animais para defender seu dono. A fidelidade canina, a amizade e amor incondicional. O Homem-Aranha tem o "sentido de aranha", aquela espécie de premonição de que algo ruim acontecerá, com os sentidos da audição e olfato aguçados, este sentido canino avisa-nos de qualquer presença estranha. Será que o cãozinho disse: "Vai Teia!, Vai!", tal como Tobey Maguire no alto do prédio, tentando fazer a teia ser lançada. Dos quadrinhos para o cinema houve uma diferença quanto a origem da aranha que picou Peter Parker, nos quadrinhos ela tinha sido exposta à radioatividade, na adaptação para o cinema, a aranha que o picou era modificada geneticamente. Então, não saberemos ao certo, como o cachorro adquiriu os poderes de aranha. Uma aranha pode ter picado o Homem-Aranha, depois picado o cachorro, mas, mesmo assim teríamos descoberto o vetor, mas, não se foi aranha radioativa, ou modificada geneticamente. E reparando a tirinha, o Homem-Aranha pareceu surpreso com a novidade, embora, ele esteja de máscara, aqueles três sinais de surpresa, perto de sua cabeça, não deixam dúvidas.