Casados No Chat, No MSN, Breve No Skype

       Um que tentou aproveitar a ausência da esposa para ficar dando uma de Don Juan na internet, na verdade, uma mistura de Don Juan e Pinóquio, mentindo seu estado civil, mas, algo deu errado, a esposa entrou sem fazer barulho e leu a mensagem que o marido acabara de mudar seu status de casado para solteiro, sem ser no cartório, nem na rede social, mudou no momento em que conhecia uma mulher. Talvez inspirada pelo Thor, Deus do Trovão da Mitologia Nórdica, ela veio munida de uma marreta. Ainda bem que ela não assistiu ao Iluminado, se não viria com um machado. Tomara que ela quebre apenas o monitor e computador. Mate o Dom Juan só virtualmente, tirando o meio que ele usa para galantear, o computador, tirando o chavecador virtual de cena. Ela não estragaria sua própria vida, tornando-se viúva e, depois, presidiária. Se prestarmos atenção, o marido já tem um esparadrapo no rosto, o que significa que, anteriormente, foi pego em flertes virtuais. O período deve ser de tarde ou à noite, há uma xícara de café próxima dele, certamente, a única informação verdadeira que ele deu foi que estava tomando uma xícara de café, mesmo assim, deve ter dito que era com adoçante, sendo que na verdade era com açúcar. A esposa parece estar voltando do trabalho ou de algum compromisso profissional. Desta vez, ela está disposta a cortar o mal pela raiz, ou melhor, pelo hardware e software. Se tivesse uma webcam, a mulher com quem ele estava teclando poderia perguntar: “Você não é casado?. Quem é esta mulher atrás de você, segurando uma marreta?. Bem tenso. Como a mulher está arregaçando a manga, sinal que ela vai pôr a mão na maça, quer dizer, amassar o computador. O pessoal da reciclagem de computador vai estranhar um pouco o estado que o computador vai chegar, não vai ter como desmontá-lo,  pouco poderá ser aproveitado, chegará todo amassado.