Motorador, Aspiramoto


       Para os maridos que acham que estão ajudando muito só por levantar os pés, na hora que o aspirador de pó está sendo passado, esta é uma invenção bem motivacional para dividir o trabalho doméstico. Basta imaginar que se está pegando a estrada,  colocar a música do Steppenwolf , “Born To Be Wild”, autonomia de combustível: até encher o saco do aspirador, além da vantagem de nunca causar, nem sofrer nenhum acidente de trânsito, movido a eletricidade (motor) e tração humana (empurrá-lo), usa energia limpa e limpa a casa. Sem contar que a mulher pode chegar na frente de qualquer um que esteja conversando com o marido e dizer: “Não esqueça de andar de moto mais tarde”. A moto-aspirador não precisa de habilitação para ser pilotada, afinal, ela nunca pegará a estrada realmente, a não ser que for dentro do porta-malas. Tirando uma foto só do guidão para cima ainda parece que a moto é guardada na sala ou quarto.  Passar aspirador de pó é chato, o pó é muito chato, prejudicial à saúde, principalmente para quem é alérgico. Prejudicial aos eletrônicos por ser um isolante térmico, terrivelmente irritante para quem tem mania de limpeza.