Cabelego, Legobelo, Cabelo De Lego


       O corte de cabelo do Neymar, estilo moicano, tem sido muito imitado. Para imitir o ídolo, homenageá-lo, neste caso, intencionalmente, o pedido é feito ao barbeiro: “Corta igual do Neymar”.  Duvido que alguém  se sente na cadeira de barbeiro é diga: “Quero o corte igual do Lego ou Playmobil”. Mas, sem querer, o corte acaba ficando idêntico. Pensando bem, se o Neymar merece ser homenageado, por que não homenagear esses brinquedos que alegraram gerações e ainda hoje alegram, seria muito justo. Falando em corte de cabelo, lembro-me que costumavam  dizer para alguém que parecia que tinha colocado uma tigela na cabeça e cortado o cabelo ou que o corte de cabelo parecia um capacete. Hoje em dia, os cortes de cabelo são os mais esquisitos, nada parece chocar mais, em época de copa do mundo é possível vê-los em verde, amarelo azul  e branco. O ruim é quando o corte de cabelo fica parecido com algum personagem, mas fica pior quando algum amigo da escola ou bairro descobre esta semelhança, então nasce um apelido, quando a pessoa se irrita com um apelido, então o apelido pega. No caso, não podemos negar que o corte ficou muito parecido com o do Lego. O Playmobil seria diferente, porque o Playmobil tem a franja em zigue-zague e uma pequena cúpula ou patamar no topo da cabeça, para encaixar os chapéus e capacetes. Eu tive o Playmobil Velho Oeste e Piratas, mas era fácil tornar qualquer Playmobil um exímio mergulhador, bastava retirar a peruca (se fosse cabelo não saia da cabeça, não todos ao mesmo tempo), encher de água, o suficiente para ele ficar “mergulhando” dentro da água. Cheguei a pô-los ornamentando um aquário, ficavam no barco, tremulando com a oscilação da bombinha do aquário, usada para oxigenar a água. Passado algum tempo, retirei-os, porque de piratas ficaram parecendo náufragos, sem ir para lugar nenhum, presos num cubículo de vidro. Deixá-los mergulhados dentro do aquário não tendo os equipamentos de mergulho seria estranho, mesmo para um Playmobil inanimado, ficariam parecendo corpos afogados,  não ficaria bem no aquário, aliás, enfeites para aquários ficam bem quando no fundo do aquário como mergulhadores, sereias, etc. O barquinho tinha remos, que se encaixavam, obviamente, na mão do Playbomil.