Não Toque Violão ao Guidão


       Se for dirigir, não toque violão, pelo menos não enquanto dirige. Esse flagra foi registrado na Índia, um país de contrastes, com uma riqueza cultural e musical fantásticas, porém com um trânsito caótico. Estranhamente, contraditoriamente, ele parece preocupar-se com a segurança, está usando capacete, mas totalmente distraído pelo violão, qualquer tipo de manobra evasiva não poderá ser feita a tempo, aliás, nenhum tipo de manobra.  Não seria nada estranho se ele tentasse salvar o violão, depois  a própria vida. Tem  uma sacola pendurada do lado direito, o que prejudica o equilíbrio, um contrapeso, alterando o centro de gravidade da cinquentinha (moto). Há artistas, atores, músicos que dizem que o grande desejo deles é morrer atuando no palco. Talvez o desejo desse do post seja morrer tocando violão, não precisa ser nem no palco, e como vemos, ele está fazendo um tremendo esforço pra que isso aconteça, para causar um terrível acidente, o triste é que ele pode levar pessoas inocentes junto com ele.  Imprudência ao volante, álcool ao volante, tudo que distrai o motorista e reduz seus reflexos, põe a vida dele e de outros inocentes em risco.  Ele podia se apresentar num palco, com a cinquentinha parada, estacionada, tal como aqueles shows Banquinho e Violão, ele podia anunciar o show como: Cinquentinha e Violão;  Labretinha e Violão (meio retrô);  Eu e a Vespa: In Concert; Não interessa se ela é Cinquentinha (estilo sertaneja, Sérgio Reis); Cinquentinha + 1 (51, versão etílica). Fica o alerta: Não toque violão ao volante nem ao guidão.