Homer Simpson e a Escada de Donuts


       Quem já viu uma escada rolante, já viu todas, ou pensava que tinha visto. Quase todos se lembram a primeira vez que usaram uma, e a preocupação de entrar e sair no tempo certo. Quando éramos crianças nos perguntávamos o  que existia depois daquele lugar que os degraus “somem”.  A escada rolante é sinônimo de conforto e modernidade, mas não ajuda em nada a saúde, quem se  preocupa em fazer atividade física vai sempre preferir usar a escada convencional  estática. Convém também usar as escadas ao invés do elevador.  Essa escada rolante artística, digamos assim, ou a intervenção urbana feita nela, faz o Homer Simpson comer Donuts, ou rosquinhas, indefinidamente, e o melhor, sem engordar. Não resta dúvida que as pessoas irão preferir usar esta escada rolante do que outra, pela experiência divertida. Alguns meses atrás, na cidade de Osasco,na estação de trem, foi feita uma experiência com uma escada-piano, em cada degrau uma nota musical, conforme as pessoas pisavam, faziam música sem querer, a ideia foi trazida da Suécia e utilizada na escada estática. Na foto do post, onde havia uma escada rolante e um chão chatos, um artista viu a possibilidade de fazer arte, tornando o simples e monótono ato de descer uma escada rolante, numa experiência divertida. Também parece que o Homer está jogando, ou melhor, comendo, num Guitar Hero com notas musicais comestíveis.