Mona Lisa, Duck Face, Bico de Pato


       Mona Lisa também conhecida como La Gioconda, obra-prima e a pintura mais conhecida do genial artista e inventor italiano: Leonardo da Vinci. Há muita controvérsia sobre quem teria sido a modelo que posou para Leonardo da Vinci. Uns dizem que a  retratada é a esposa do comerciante de Florença, Francesco del Giocondo, já outros afirmam se tratar da Duquesa de Milão, Isabel de Aragão, a qual seria parente distante do humorista brasileiro Didi Mocó, Renato Araguão, Duquesa Psit, a do trono ou Mocolisa Sonrisal Colesterol  Novalgina Mufumba. Esta parte do parentesco com o Renato Araguão foi invenção minha. Lillian Schwartz, dos Laboratórios Bell, sustenta a tese que Mona Lisa seria o autorretrato do próprio Leonardo da Vinci. Isto é pouco provável, a menos que Leonardo quisesse saber como seria se tivesse uma irmã gêmea, Leonora da Vinci, Leonilda da Vinci. De qualquer modo, ele não deixou registro nenhum de quem teria sido a mulher que posou para a pintura. Ficará o mistério, tal como o sorriso enigmático, o ar introspectivo da Mona Lisa. Pairam várias teorias sobre esta obra-prima, desde mensagens subliminares até teorias conspiratórias. Obviamente, quando me referi ao sorriso enigmático não é o que vemos no post. Na verdade, o post está satirizando o tão usado, e odiado por muitos, retrato para rede social chamado: Duck Face. O que poderia ser traduzido, numa tradução livre, como cara de pato, ou, mais precisamente, bico de pato. Há um movimento forte, principalmente, nos Estados Unidos, para que não se tire mais fotos nesta pose, se a intenção é parecer sensual, descolada e casual o resultado é exatamente o contrário. Porém, a foto de perfil não se discute, por vezes, é censurada, depende muito da política seguida por cada rede social, mas, censurar uma careta seria muito estranho, que liberdade seria esta se as pessoas não podem fazer bicos e caretas ou usar símbolos, ou simplesmente deixar o ícone com o lugar da foto simplesmente vazio, ou deixar o pictograma da rede social mesmo. Recentemente, o Facebook pagou o maior mico, o censor confundiu cotovelos com seios e bloqueou a foto, talvez ele confundisse cotovelos com cotovias. Pode-se considerar, a Mona Lisa Duck Face, uma releitura da obra-prima contextualizada nas redes sociais. Pode também ser a Mona Lisa irritante. Na dúvida, é sempre melhor fazer uma pose Poker Face, cara de paisagem, ou ar pensativo. Algo como ensimesmado introspectivo contemplativo da imensidão do meu eu interior que se funde com o uno do Universo. Muitos optam por uma foto que represente ou simbolize seu trabalho, sua ideia, ou filosofia de vida, na verdade, nem precisa ter uma lógica ou sentido. As redes sociais, os microblogs, os blogs, são um fenômeno interessantíssimo, de expressão, ideias, manifestações artísticas, literárias científicas e humorísticas. Traz mais resultado reclamar na rede social do que ligar para o SAC da empresa. Muitas empresas já estão atentas aos estragos que o Marketing Negativo pode causar à marca, uma reclamação de um consumidor desapontado ou decepcionado pode gerar um efeito cascata e influenciar outros consumidores a que pensem duas vezes antes de adquirir algum produto ou contratar um serviço, até mesmo, e este é o pior pesadelo de qualquer empresa, suspender ou desistir da compra. Muitas empresas já contam com uma equipe para “neutralizar” estes estragos, leia-se neutralizar como resolver o problema do consumidor rapidamente. Quem vai comprar um produto ou contratar um serviço está adquirindo o hábito de consultar os fóruns também, onde satisfação e insatisfação são termômetros e parâmetros para se decidir por esta ou aquela marca ou serviço.