Lendo Mentes, Na Partida de Tênis


       Se o ser humano tivesse a capacidade de ler mentes, ler pensamentos, saber o que o outro está pensando, seria o fim da hipocrisia no planeta Terra. Na maior parte do tempo, as pessoas pensam, mas não dizem, porque seria politicamente errado dizer ou para não magoar alguém, ou porque o pensamento é inconveniente mesmo.  Nesse exemplo, alguém leu as mentes, de pessoas que estavam aguardando o início de uma partida de tênis,  quando chega uma mulher de vestido branco curto, descendo as escadas. O chato de chegar num lugar onde quase todos  já estão acomodados, é que todos que já estão lá não tem  muito o que fazer antes da partida começar, a não ser olhar quem está chegando. Quando a  mulher  vem descendo a escada, então, torna-se alvo de inúmeros olhares, principalmente, do público masculino que são todos fãs da tenista russa Maria Sharapova. Ao fundo da imagem, podemos ver um casal, a mulher parece fulminar o marido com um olhar de reprovação terrível, algo como: "quando chegarmos em casa, a gente conversa..." É bem provável que a esposa irá ter uma pequena conversa com o marido ao chegarem em casa.   Mesmo com óculos escuros, ele não consegue manter a  expressão de cara de paisagem ou cara de poker e vai acompanhando a mulher com o olhar dele.  A loira parece aprovar o modelo do vestido curto. A morena parece destilar algum veneno, talvez, um sentimento ambíguo, contraditório, um misto de admiração e inveja. Seria um pouco de maldade se pensássemos que ela está torcendo para que mulher de branco tropece e caia da escada. Imagine se tivessem usando o mesmo modelo de vestido curto, da mesma cor.  Parece claro que as mulheres reparam mesmo no modelo que a outra está usando, os psicólogos de plantão dirão que as mulheres se vestem para as outras mulheres, para causar inveja ou admiração. Os homens reparam não no modelo do vestido curto, mas nas partes que o modelo de vestido curto não cobre. Mais abaixo na imagem, podemos ver o irmão do John Travolta, os Embalos de Sábado à Tarde Na Partida de Tênis. Pelo modo que ele olha, duvido que saiba o que é um set, game e tie-breaker. Tudo o que ele sabe é que se trata de um jogo jogado com uma bola e duas raquetes, podia até ser tênis de mesa, para ele é um jogo, não um jogo de azar, mas um jogo de azaração. Há o comentário saudosista de uma senhora que aparece do lado direito. Há também a esquecida que, vendo a cena, lembrou ter se esquecido da calcinha, mas, tudo bem, por sorte é uma partida de tênis, um esporte de elitista, não o show do finado Wando, o colecionador de calcinhas. Lendo mentes, lendo pensamentos, o que os olhos veem, nem sempre a boca pode dizer, mas o cérebro pode pensar.