Parabéns e Descanse em Paz...

        Eu já postei alguns bolos temáticos que achei interessantes e originais, mas esse é no mínimo funesto e macabro. Estou certo que muitos acharão de mau gosto ou de gosto duvidoso. Enquanto outros acharão criativo, a parte do recheio que foi tirada fazendo o papel da terra do túmulo, o "caixão" de chocolate, as flores.  A tribo urbana denominada: góticos, por exemplo, acharia de extremo bom gosto o bolo fúnebre.Uma boa definição de gosto, que é um máxima popular é: “gosto, cada um tem o seu”. Estou certo que a Morticia Addams, da Família Addams, ficaria muito feliz ao receber esse bolo. Na lápide está escrito DIDIER, segundo alguns sites: é um nome masculino, de origem francesa, significa: “o desejado”, forma de: Desiderius. Há também uma jogador de futebol, mas, a data de nascimento não bate, e o referido jogador está vivo. Há uma editora, também.  Mas isso não muda em nada o bolo nem o conceito. Didier pode ter sido um francês, que teve o terrível azar de ter morrido no mesmo dia em que fazia aniversário: *1971 - 2011†. R.I.P (Rest in peace: Descanse em Paz). Feliz Aniversário e Descanse em Paz... Quase ia me esquecendo, o Zé do Caixão ficaria muito feliz com um bolo de aniversário desses. Praticamente, seria uma alegria tremenda para ele. Sem um contexto, pode-se até imaginar que é o bolo de aniversário do Ozzy Osbourne. Pode ser um bolo destinado aos nascidos em 31 de outubro, Halloween, o Dia das Bruxas. Desde de que aceitem a homenagem, ou seja, que não entre em conflito com a crença pessoal ou religião. O Halloween é forte nos países anglo-saxônicos, a celebração vem ganhando força no Brasil. Há aqueles que defendem que sejam incorporadoras entidades do folclore brasileiro: Saci-Pererê, Cuca, Boitatá, Pisadeira, Corpo-seco, Mula-sem-cabeça ( soltando fogo pela boca, como dizia meu avô, sim, verdade, se ela não tem cabeça, logo...), Curupira, etc. Num mundo globalizado e conectado, há espaço para essa confraternização de entidades imaginárias do folclore de diferentes países. Eu estava pensando em como seria esse aniversário do bolo da foto do post. O primeiro pedaço já está cortado, creio que devem cantar o parabéns a você, depois enterrar o primeiro pedaço na cova do bolo, terminado o parabéns a você, desenterram o primeiro pedaço, "o caixão", depois, o aniversariante dá o primeiro pedaço a alguém.  Seja em forma de bolo ou em celebrações como o Día de Los Muertos, no México, a morte foi, e sempre será, um tabu, principalmente para os ocidentais, e mais ainda para os latinos.