I Wanna Hold Your Foot. Não é Beatles!.

        Para tudo existe uma saída, ou melhor, para quase tudo.  Namoradas, esposas, noivas, ficantes, não importa que tipo de relacionamento, a internet e os videogames vêm competindo ferozmente com as carícias, afagos e aquele tempo de qualidade dedicado ao relacionamento ou a manutenção dele. Aqueles quinze minutos de internet vão se multiplicando, esses são os novos tempos, talvez, os relacionamentos se adaptem a essa “realidade”, porque essa realidade  já está inserida nas relações. Ao invés do cara dizer que está lá, segurar a mão dela, ele demonstra que está lá, presente, segurando o dedão do pé dela, não há pé nem chulé que o separe do computador. Essa cena pode ser um marco nos relacionamentos da era da internet, pedir a mão em casamento pode estar ultrapassado, agora, se pedirá o pé, com ênfase no dedão. Aqueles que vendem alianças, já podem pensar em alianças para o dedão do pé, embora, se um dos cônjuges usar calçados, não será de muita utilidade para evidenciar o compromisso. Ainda em relação a foto do post, sim, pode-se pensar que ele ao menos está tentando, mas, esse relacionamento pode estar por um fio, quem sabe, pode estar por um dedão do pé. Não adianta querer se enganar, pensado que ele está segurando o dedão do pé dela para dar sorte ou que ele tem fetiche por pés. Mesmo segurando o dedão, ele continua vidrado e hipnotizado no que está fazendo em frente ao computador.  Essa atitude não ficaria bem em nenhuma música romântica ou balada. Não dá para imaginar os Beatles cantando: “I Wanna Hold Your Foot”. ( Eu Quero Segurar Seu Pé), ao invés de: ”I Wanna Hold Your Hand” (Eu Quero Segurar a Sua Mão). Não estou dizendo que não poderia ser feito, mas soaria mais The Doors.