Notívagos, a Sociedade B. Trocar o Dia Pela Noite

       Ser acordado por um telefonema, de madrugada, não é nada agradável. Em geral, a ligação é notícia ruim. A não ser que você seja um notívago, nesse caso, estará acordado e não se incomodará em atender a ligação, mas lamentará do mesmo jeito a notícia ruim. A não ser que a pessoa que ligou saiba que você dorme muito tarde, que há uma janela de possibilidade muito alta de encontrá-lo acordado até umas 3 ou 4 horas da madrugada. Para as pessoas que tem seu relógio biológico, naturalmente, ajustado para serem produtivas de noite e repousarem de dia, às 14:30 horas da tarde seria o período que seriam surpreendidas ou incomodadas por alguma ligação, 14:30 da tarde é o auge do horário comercial. Algumas pessoas, pela força da profissão, são obrigadas a se tornarem notívagos, trabalharem à noite e madrugada. Os notívagos sentem o cheiro da noite (eu sinto), a energia da noite, todos os sistemas estão com força total. Por alguma razão, essas pessoas “funcionam” muito melhor à noite. Desafiando as convenções sociais e os horários comerciais, essas pessoas têm seu pico produtivo e criativo enquanto a maioria das pessoas está dormindo. Os notívagos têm muita dificuldade para dormir cedo, ao tentarem ajustar o relógio biológico, à força, sentem que estão indo contra a própria natureza, claro, tornam-se contraproducentes, rendem menos, criam menos. Obviamente, as empresas que têm trabalhos por turno, já fazem a triagem dos notívagos para os turnos noturnos. Recentemente, uma pesquisa sugerindo que os notívagos seriam mais criativos, enquanto os madrugadores seriam mais produtivos, causou discordância e falta de consenso. Uma ótima notícia vem dos países da Escandinávia, tudo começou na Dinamarca, depois Suécia, eles já vêm se adequando ao que eles chamaram B-Samfundet  (Sociedade B). Existem dois tipos de sociedades, numa estão os indivíduos que acordam cedo, dormem cedo, devido ao ritmo de seu relógio interno biológico, os madrugadores. A outra sociedade é formada por indivíduos que, pelo próprio ritmo de seu relógio interno biológico, não se adaptam a esse horário comercial e industrial imposto, os notívagos. Segundo pesquisas científicas, não se escolhe um ou outro ritmo do relógio biológico, é uma determinação genética. Um estudo no Reino Unido sugeriu que a concentração das crianças era melhor no  período da tarde (vespertino) comparada aos alunos do período da manhã (matutino). A média das notas dos alunos da tarde era superior à dos alunos da manhã. Eu lembro que quando estava no primário, passei da manhã para tarde, foi uma bênção, apesar de ter notas boas de manhã, meu rendimento melhorou muito a tarde, aquela sensação de ir igual a um zumbi para escola, desapareceu. Com certeza, muitas daquelas crianças que são tidas como preguiçosas e choram, fingem que estão com dor de cabeça, para não ir à escola pela manhã, são notívagos indo contra o próprio relógio interno biológico, que não foram elas que escolheram, e sim a genética.  Foi criando um site, os notívagos podem se cadastrar, agora não estamos mais sozinhos, alguém nos entende, na distante e misteriosa Escandinávia, há quem pense em nós, os notívagos. O site é: http://www.b-society.net/
Abaixo, reproduzo os 10 mandamentos da Sociedade B. O manifesto Dinamarquês, levantando a questão, globalmente, e o convite à adesão de países ao mesmo. A fonte é o site:

Os 10 mandamentos da Sociedade B

01 O ritmo diário de cada indivíduo é geneticamente condicionado pela hereditariedade. A sociedade precisa estar estruturada para suportar uma diversidade de ritmos diários.

02 Nós queremos nos levantar contra a tirania de acordar cedo e a favor de um mundo melhor, onde a diversidade de ritmos diários é reconhecida e respeitada, dando a oportunidade de uma melhor qualidade de vida, maior tempo produtivo e maiores ganhos socioeconômicos, uma vez que não mais ocuparemos os mesmos espaços nas mesmas ruas ao mesmo tempo.

03 Nós trabalhamos pela equidade entre madrugadores e notívagos.

04 Nós trabalhamos por um mercado de trabalho mais flexível. O ritmo diário de cada indivíduo deve, tanto quanto possível, governar o trabalho e a vida desta pessoa.

05 Nós trabalhamos pela introdução de acordos coletivos para os madrugadores e notívagos na próxima rodada das negociações dinamarquesas de mercado de trabalho.

06 Nós trabalhamos para o estabelecimento de serviços de babá, jardins de infância, escolas primárias e secundárias bem como universidades que abram das 10h às 20h.

07 Nós incentivamos mais pesquisas acerca dos ritmos diários.

08 Nós garantimos “certificação B” no site www.b-productive.dk para empresas que permitem que seus funcionários trabalhem de acordo com seus próprios ritmos diários, de trabalho e de vida.

09 Nós trabalhamos globalmente por um mundo melhor que suporte uma diversidade de ritmos diários, de trabalho e de vida.


10 Imagine o quão diferente a sociedade seria se os criadores do mundo fossem notívagos!