Predador, o protesto

        Esse protesto aconteceu antes dos ocorridos no Brasil. Infiltrado entre os participantes, o Predador. Quais seriam as reivindicações dele?.  Seriam elas legítimas. O Predador, como o próprio nome diz, predava as presas que  eram seres humanos, dos quais eles retirava o crânio e coluna cervical, mas só mantinha o crânio como “troféu”.  As vítimas humanas eram caçadas fria e implacavelmente. O Predador usava um sistema  de armas e camuflagem muito sofisticados. Pelos crimes hediondos praticados contra a humanidade, o Predador deveria estar em prisão perpétua. Nesse protesto, caso o Predador se juntasse aos vândalos, as autoridades teriam grande dor de cabeça por causa das armas de alta tecnologia e camuflagem do Predador. O cartaz que ele carrega, escrito usando o sistema de escrita de seu planeta, não está traduzido, não é um cartaz bilíngue, mas, estranhamente, nosso ponto de exclamação foi usado. O protesto clama e exclama. Poderíamos pensar que esse Predador renunciou às práticas cruéis de sua espécie, um Predador pacifista, mas  as pontas agudas saídas do bracelete provam o contrário. Na natureza, no mundo animal, há predadores e presas, há uma cadeia alimentar, mas, a espécie humana foi a única que, vergonhosamente, caçou por prazer doentio. O filme Predador levanta, mesmo que não explicitamente, uma questão: Como o ser humano que caça e mata por prazer, sentiria-se sendo caçado por uma civilização avançada tecnologicamente. Embora os militares do primeiro filme da franquia Predador estivessem numa missão de resgate, eles não eram caçadores, o Predador era um caçador, sua espécie fazia safári interplanetário.  Poderíamos pensar que seja qual for o motivo do protesto ou passeata, o Predador arrependido apoia a causa, porém, o Predador não tem o mesmo carisma do E. T., o Extraterrestre. Reflexões à parte,  a foto tem uma explicação simples, pelo menos uma das explicações, alguém usando o Cosplay do Predador, fantasiado de predador, aproveitou o protesto para aparecer e conseguiu. Tanto o Cosplay está perfeito como o sistema de escrita fictícia do personagem Predador. Caso exista algum tipo de escrita extraterrestre, é bem provável que se assemelhe a símbolos ou hieróglifos. Tanto no caso Roswell como noutro,  onde um suposto agente teria copiado estranhos símbolos do interior de uma suposta nave extraterrestre acidentada, o sistema de escritas seria formado de símbolos ou hieróglifos. No caso Roswell, os que acreditam que a suposta nave espacial era um balão meteorológico espião, afirmam que as estranhas escritas eram desenhos coloridos de um adesivo produzido por uma fábrica de brinquedos, usado para colar partes do balão. Os que manusearam o material, afirmaram que os estranhos símbolos nas vigas metálicas em forma de I ou bastões,  eram de cor lilás, alguns dizem roxa, assemelhavam-se à escrita oriental ou hieróglifos.