Atendimento ao Cliente e Densidade.

        “O Cliente Tem Sempre Razão”.  A máxima é tão antiga quanto controversa. O problema da máxima é o advérbio: sempre. Se a máxima pudesse ser relativizada em: quase sempre, na maioria dos casos, ficaria mais justo. Nessa relação atendimento e cliente, há clientes folgados e atendentes grossos e vice-versa. Como também há atendentes atenciosos e prestativos e clientes cordiais e educados. Quando um dos lados desrespeita o outro, surgem os conflitos e reclamações. Atendentes aguentando desaforos, pois precisam do emprego. Clientes sendo maltratados por atendentes negligentes. Sem um bom atendimento, aquela frase: “VOLTE SEMPRE!” pode ser esquecida, a pessoa mal atendida, além de não voltar mais, faz um terrível marketing negativo da empresa, comércio ou instituição. Com o poder dos fóruns e redes sociais, o marketing negativo de um mal atendimento cai como uma bomba atômica na empresa ou marca. Não é à toa que as empresas e marcas colocam pessoas para monitorar o que se diz ou comenta das marcas nas redes sociais e fóruns. Existem plug-ins e softwares para analisarem essas métricas. Graças a internet e redes sociais, aquele descaso das empresas com o serviço de atendimento ao cliente que deixava a pessoa esperando e ouvindo música chata, até mesmo nem sendo atendida, vem mudando. É verdade que algumas empresas possuem um SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente) eficiente e atencioso, mas isso não é a regra. Aos clientes cabe a educação  e respeitar as pessoas que os atendem. É muito chato presenciar um cliente maltratando um atendente. Ainda com relação a tirinha do post, ela poderia ser usada numa questão de química, por alguma banca examinadora. Se a moça soubesse sobre Densidade, a relação entre massa e volume, ela teria evitado uma demissão, por outro lado, o atendente foi um pouco irônico e sarcástico. Ele não soube contornar a situação, é verdade. O gerente tomou uma atitude drástica, tentando evitar o possível marketing negativo.  Não é verdade que o gelo sempre flutua, quando colocado num líquido, isso dependerá da densidade dos materiais. O material menos denso flutuará, enquanto o mais denso afundará. Como o gelo, a água em estado sólido, é menos denso que água em estado líquido, o gelo flutua quando colocado na água. Se fosse uma bebida alcoólica, por exemplo, o gelo afundaria, porque o gelo é mais denso do que o álcool. O que se pode concluir é que a bebida da moça não é alcoólica. O que seria um argumento a mais para o atendente. Ele poderia dizer: “O gelo só ficaria embaixo, se a bebida fosse alcoólica. Não é questão de gosto, mas de densidade do material.