Coincidência Na Condução

        As mulheres, geralmente, não gostam quando encontram outra mulher vestindo exatamente o mesmo #modelo e cor de roupa. Se for num casamento, evento social, recepção, formatura, enfim, isso é o tipo de coincidência que desagrada a ambas. Ao mesmo tempo não é intencional, é uma coincidência desagradável.  Nesse caso, quanto mais afastadas  uma da outra estiverem no evento, menos evidente fica. A expectativa de ser original, exclusiva, no quesito roupa, é, evidentemente, frustrada para as duas. Situação pior aconteceu com a mulher da foto do post, ao entrar na condução,  ela se deparou com todos  os assentos revestidos com a mesma estampa ou padrão da blusa de alça dela.  É o tipo de situação que, mesmo sem querer, a pessoa fica em evidência. A única explicação, descartando o #Photoshop, é que a empresa  usou o mesmo padrão e matrizes  para imprimir, em #Silk-Screen (Serigrafia), as estampas noutro material que foi comprado  para revestir os lugares da condução. É muito provável que ela jamais volte a usar essa blusa de alça nessa condução e condição.  Como os assentos não mudarão de “roupa”, ou melhor, de revestimento, caberá à mulher mudar de #roupa. A chance que ela ache isso engraçado, apesar de insólito, é pouca. Mesmo com o máximo de bom humor, fica difícil ficar indiferente aos olhares das pessoas, não de reprovação, mas de curiosidade.  Ao se levantar, um observador mais longe poderia pensar que ela está com um pedaço de revestimento do assento grudado nas costas, de longe, o cérebro ficaria meio confuso. O mais curioso é que, mesmo que ela nunca mais pegue essa condução, quando ela estiver andando pela rua, alguém olhará para a estampa da blusa de alça dela e dirá: “Eu já vi esse padrão em algum lugar”. A vendedora da loja de roupas deveria alertar, se ela soubesse, para o fato de que a estampa está tão na moda que até os bancos de condução estão usando.