Como as Pessoas Dormem Nos Filmes e na TV

        Geralmente, exceto nos filmes de #terror,  as pessoas retratadas, enquanto dormem, estão numa posição tranquila, #cobertor (quando está frio) e travesseiros estão organizados onde deveriam estar, enfim, são mostradas dormindo numa postura adequada para um sono saudável. Quando são mostradas acordando é a mesma coisa, já acordam arrumadas e com uma disposição incrível, os passarinhos cantam na janela num dia ensolarado.  Por isso é agradável, idealizado, ou seja, perfeito.  Muitas pessoas reclamam que #dormem pouco, o sono não é reparador,  acordam cansadas. Os distúrbios do sono são vários, a novidade é que, recentemente, a #Medicina do Sono foi reconhecida como nova #especialidade médica. Se antes o tratamento era feito multidisciplinarmente: #psiquiatria; #neurologia; #otorrinolaringologia e pneumologia, agora, a figura do Médico do Sono toma mais vulto, devendo ele ou ela adquirir conhecimento e prática nas especialidades mencionadas acima, além disso, aprovação na prova de título de especialista para testar os conhecimentos nas referidas áreas,  incluindo polissonografia (diversos sensores que avaliam o #sono,  estágios e distúrbios) e demais exames relativos ao sono. Todos nós temos amigos ou conhecidos que relatam muitos fatos curiosos que podem acontecer durante o sono. Dos mais simples como babar no travesseiro, falar enquanto dorme, rir, até os mais complexos como  apertar e ranger os dentes, que é chamado #bruxismo, a #apneia do sono, que são pequenas e intermitentes paradas respiratórias durante o sono, de cerca de 10 segundos, entre outros. Dormir em cima do braço, interrompendo a circulação é uma sensação muito estranha, o formigamento, inconscientemente,  vem aquele desespero, parece que o braço não é seu ou que se vai perder o braço, mas a circulação volta a se normalizar e o susto passa, popularmente, é dito também que o braço "dormiu". Dormir no #calor, apesar do ar condicionado, #ventiladores e circuladores de ar é outra complicação. Existem pessoas que, mesmo no calor,  só conseguem dormir se estiverem cobertas com um fino lençol, isso pode ser um hábito ou a sensação inconsciente de proteção. Quando a pessoa já está deitada, lembra que se esqueceu de colocar o #repelente elétrico para espantar as pernilongas, é a fêmea do pernilongo que sempre pica, essas microvampiras hematófagas e aladas, que entram na casa sem serem convidadas, fazem uma serenata horrível no seu ouvido. Nesses momentos, você pensa por que as #sereias não podiam voar, seria muito melhor ouvir o canto das sereias do que o zumbido serenata da pernilonga.  Peixes não voam, certo?. Não é bem assim,  os #peixes-voadores dão grandes saltos e usam as barbatanas para planar por 15 segundos, cerca de 180 metros, bom, já é um começo. Pensando bem, uma sereia alada já seria exigir demais de uma #lenda urbana aquática.  Voltando a pernilonga, você pode até pensar que ela desistirá, mas ela tem a noite toda para insistir, uma hora a pessoa dorme, o resultado das picadas é contabilizado no dia seguinte, mas coçado durante à noite, e a motivação para colocar o #repelente elétrico antes de deitar é enorme.