Apenas Coincidência?

        São comparações impressionantes entre o macrocosmo e o microcosmo. A espécie humana lembra uma holografia do universo. Ao nível celular, a configuração é semelhante à do universo e a processos tão extraordinários quanto à morte de uma estrela. A semelhança entre o olho, mais especificamente a parte colorida dele, a íris, e uma nebulosa, é fantástica.  Seria muita pretensão afirmar que a espécie humana está sozinha na vastidão do universo, que seríamos os únicos no universo que carregam esse “DNA” cosmológico dentro de nós. O desejo de entender a si próprio,  assim como o esforço contínuo em todas as áreas do conhecimento para compreender o corpo e cérebro do ser humano, caminha ao lado da busca por respostas no próprio universo. Esse interligação entre o corpo humano e o universo pode reservas surpresas futuras. Não é somente uma semelhança na forma. Instintivamente, bem antes da invenção do telescópio e do microscópio, a espécie humana tem olhado para as estrelas. O entendimento do universo e do corpo e mente humanos vêm evoluindo. As células cerebrais e os olhos humanos construíram o telescópio Hubble, que conseguiu fotografar a galáxia mais distante já observada, a MACS0647-JD, distante 13,2 bilhões de anos-luz. Embora alguns mistérios do universo e do ser humano tenham sido explicados, novas perguntas surgem a cada dia. O falecido astrônomo Carl Sagan fez uma afirmação que reverbera até hoje no imaginário popular, poesia cosmológica. Ele afirmou que: “Nós somos feitos de matéria estelar”, popularmente, surgiram expressões como: poeira de estrelas; pó de estrelas; poeira estelar. O corpo humano e constituído por átomos de carbono, oxigênio e nitrogênio, estes, e demais elementos pesados, foram formados há bilhões de anos, decorrentes  da morte de estrelas. Os átomos do nosso corpo vieram de sucessivas estrelas mortas, num tempo que remonta a 4,5 bilhões de anos. De certa forma, não só nossa espécie como a dos seres vivos carrega uma "herança genética estelar”.  Pelo menos num ponto, Evolucionistas e Criacionistas concordam, a origem humana explicada do ponto de vista científico ou bíblico está relacionada ao pó.  "Do pó vieste e ao pó retornarás" (Gênesis 3.19)