A Ferramenta Que Dá Uma Mãozinha

        Desde as rudimentares ferramentas feitas de pedras lascadas que eram amarradas em pedaços de galhos, até as modernas ferramentas de hoje, foi um longo caminho. A espécie humana criou ferramentas que a ajudaram  construir vilas, cidades, modificando o meio, adequando-o às necessidades, tornando a vida mais fácil, obviamente, causando os primeiros impactos negativos na natureza, poluindo rios, desmatando a natureza. Basta pensar no potencial de destruição do serrote para a  motosserra.  O ouro e cobre, em estado natural, foram  manipulados de forma muito rudimentar,  na Mesopotâmia, 6.000 A.C., nos primeiros contatos com metais 6.000 A.C. Passaram-se mais 2000 anos até serem desenvolvidas técnicas mais avançadas de  metalurgia, e o surgimento do bronze, que é a liga feita de cobre e estanho. Em aproximadamente 2000 A.C., foi descoberto o ferro.  Se as ferramentas poderiam ser artísticas, essa foto do post  é a prova que podem. São poucas as ferramentas que têm características humanas, o martelo, por exemplo, tem orelhas, mas bem diferentes das nossas. Os serrotes não têm olhos, mas podem ficar cegos, precisando ser afiados, assim como outras ferramentas que perdem o fio. Os animais também estão representados nas ferramentas, o pé de cabra é um exemplo bem clássico. A porca, eterna companheira do parafuso, também. Alguns equipamentos de segurança têm o formato anatômico de partes do corpo, como as luvas, capacetes, botas, etc., que são usados para manusear as ferramentas com segurança. Esse grifo da foto, em forma de mão, é bem humanizado. A mão que segura uma ferramenta em forma de mão. Ele é uma mão na roda em forma de mão. Para quem precisa de uma mãozinha, na hora do conserto, esse grifo nunca deixará ninguém na mão. Uma grande vantagem desse grifo é que, quando alguém estiver consertando algo e precisar pedir a outra pessoa que traga um grifo, não precisará ficar descrevendo detalhes da ferramenta. Basta dizer: “É uma ferramenta em forma de mão”. Esse grifo não poderá participar de nenhum campeonato de braço de ferro. O sindicato não o aceitará como grifo líder sindical, pois ele poderá dirigir o sindicato com mão de ferro. Além disso, os outros grifos o veriam como uma ferramenta que, como eles, foi feita por humanos,  mas com características da anatomia humana, das mãos. Ele seria o grifo Pinóquio, querendo ser humano?.  É difícil dizer quantos desses “grifos mãozinha” foram fabricados, ou se esse é uma peça única, mas ele é, sem dúvida, uma “mutação” no mundo das ferramentas. Parece também que o grifo está usando a técnica de camuflagem chamada Homotipia, onde as partes do corpo do animal parecem objetos que estão ao redor, como insetos que parecem galhos ou folhas. Não se pode esquecer que há os  joelhos ou cotovelos dos tubos e conexões dos materiais hidráulicos.  Pode ser que o  grifo mãozinha se entenda melhor com esses outros itens dos tubos e conexões, pelo menos, os nomes têm tudo a ver com a anatomia humana. Esse foi o grifo, chave grifo, também conhecida como chave Stillson. o Gomez, da família Addams, compraria o grifo mãozinha, e o Mãozinho ficaria com muito ciúmes.