Salto Alto Cravejado de LEGO

       Os fantásticos blocos mágicos, tijolinhos, as peças que se encaixam da LEGO. É difícil imaginar o que ainda não foi reproduzido na versão LEGO. Desde celebridades, heróis, vilões, monumentos famosos. Se até “pessoas” em escala natural foram montadas com as peças da LEGO, montar um salto alto seria muito fácil, mas não foi esse o caso, esse salto alto está apenas revestido ou cravejado com as peças LEGO. Depois que a mulher o calçar, será difícil perceber que ele não é totalmente feito com as peças, se tivesse sido, seria difícil a mulher andar com ele, certamente, não há flexibilidade e as peças se soltariam. Com os sapatos Crocs, ou qualquer outro que não tivesse salto, poderia funcionar. Partindo dessa ideia, qualquer tênis ou sapato pode ser cravejado com peças LEGO. No caso desse salto alto da foto, se a mulher for mãe, o filho poderá acoplar mais peças no salto, quanto ela chegar do trabalho, quem sabe, poderá fazer umas asas atrás, como Mercúrio, talvez, um aerofólio de Fórmula – 1, uma rosa, passarinho, ou que a imaginação mandar, afinal, as peças do LEGO sempre incentivaram a imaginação e criatividade. Seria bom para a mãe saber onde a criança está, bem aos olhos dela, ao invés de a criança estar aprontando, ficaria encaixando as peças no sapato da mãe.  A mãe viraria uma minifigure, em inglês, (um dos personagens LEGO). Ao  mesmo tempo, os sapatos de salto alto LEGO causariam confusão, imaginar a mulher num lugar com aglomeração e, de repente, ela percebe que várias crianças estão abaixadas tentando arrancar, desencaixar, as peças de LEGO do salto alto, que estão coladas, para brincar. Além de ficar multicolorido, o que por si só já chama muito a atenção, toda criança e adulto reconhece as peças da LEGO a distância. A mulher que o usasse, não passaria despercebida por onde caminhasse. Seria uma boa ideia para as vendedoras das lojas de brinquedo.  Isso se elas não tivessem que ir trabalhar usando os transportes coletivos. Podemos imaginar a mãe se aprontando para trabalhar, quando vai calçar o sapato de salto alto LEGO, descobre, que, na noite anterior, o filho encaixou dezenas de peças no salto alto, então ela tem que retirá-las, pois já está se atrasando para trabalhar. A solução, ou melhor, o modo de dividir essa responsabilidade, seria o pai fazer o mesmo no sapato social ou tênis. Partindo dessa ideia, qualquer superfície pode ser customizada ou personalizada com as peças LEGO, colá-las em bonés, jaquetas, blusas, calças. Quem sabe, em algum Carnaval, alguma Escola de Samba resolva homenagear a LEGO com um samba enredo, carros alegóricos e fantasias cravejadas com LEGO. Atualmente, as  4 unidades da LEGO no mundo fabricam 31 bilhões de tijolinhos. Além de poder construir um DeLorean, o carro do filme: De Volta para o Futuro, em escala real, um fato curioso e atemporal, as peças produzidas em 2015, encaixam-se perfeitamente nas produzidas em 1958. Mas, no filme De Volta para o Futuro, os anos sempre terminam no número 5.  Apesar de o LEGO, as dezenas de pecinhas, estar cravejando um sapato feminino, ele é mais adquirido por meninos,  80% dos consumidores são homens. Engana-se quem pensa que o LEGO é só para crianças. Há os AFOLS, em inglês, Adult Fan of LEGO, e a cifra que eles gastam com a peças de LEGO, não são modestas, alguns realizam grandes projetos e instalações, usando milhares de pecinhas. O carpinteiro dinamarquês, Ole Kirk Christiansen, começou a fabricar brinquedos artesanais de madeira, em 1932, na pequena oficina dele, na cidade de Billound, Dinamarca, tendo a ajuda do filho, Godtfred Kirk. A origem do nome vem das iniciais da frase “Play Well” (numa tradução livre: Brincar Bem), claro, não chama Play WEll, mas, em dinamarquês, tudo se encaixa, tão simples e claro quanto as pecinhas: LEg GOdt. Em português, poderia ser Brimbem, parecido com Bombrim, Bom Brilho. Nesses 83 anos, a LEGO continuou sempre inovando, reinventando-se, sempre respeitando os consumidores, pesquisando e atenta às expectativas e desejos dos milhões de fãs, crianças e adultos, das mágicas pecinhas multicoloridas, dos bonequinhos(minifiguras), aeronaves, veículos, acessórios etc. Além de um grande Parque, LegoLand, e um filme que estreou com grande sucesso, no ano passado, Uma Aventura Lego.