Festa Do Plástico-Bolha Que Estoura Está Com os Dias Contados


Quem resiste a estourar o plástico-bolha das embalagens O plástico-bolha é uma daquelas lembranças infantis inesquecíveis. Não importa qual nossa idade, ao estourar as bolhas, somos levados às lembranças felizes e a própria alegria de estourar as bolhas.

A certeza de que sempre, em algum momento, teremos à mão esta oportunidade de estralar as bolhas.  Aquele momento radical no qual o plástico-bolha é torcido, e os estouros se multiplicam rapidamente assim como nossa satisfação.

Infelizmente, essa certeza e garantia de felicidade está com os dias contados. Segundo o "Wall Street Journal", a Sealed Air Corp, desde 1960, fabricante oficial do plástico-bolha, anunciou que será criada uma versão que não estoura, quando é pressionada pelos dedos.

A nova versão do plástico-bolha sem graça economizará espaço e dinheiro. Antes de ser inflado, o iBubble Wrap ocupará um quinto do espaço do plástico-bolha, as bolhas são maiores, assim como será a decepção de quem tentar estourá-las.

A empresa está mais preocupada em criar uma embalagem protetora, inovadora, competitiva e que ocupe menos espaço para os varejistas do que na diversão e nostalgia dos consumidores. Restarão os plásticos-bolhas comercializados sob licença e as versões não autorizadas, as piratas.

O plástico-bolha que não estoura é cruel e traiçoeiro. As bolhas são ligadas entre si, quando uma delas é apertada, o ar passa para as outras, pura decepção... Não estranhe, se alguém ligar para o fabricante do produto dizendo: “O produto está perfeito, mas o plástico-bolha da embalagem está com defeito, não estoura”.


Mesmo que o plástico-bolha que estoura continue por um tempo, ele desaparecerá, tristemente, aos poucos, até que, um dia, nem mais um barulho seja ouvido.

Quem quiser lembrar como era poderá ver algum vídeo ou usar um jogo de estouro de plástico-bolha virtual. E os Titãs poderiam gravar uma música: “As Bolhas de Plástico Não Estouram”.