ARTE DO TECLADO E A DISPOSIÇÃO DAS TECLAS

     Muitas vezes, quando estamos num chat, ou msn, ou mesmo lendo algum texto, vemos algum desenho criativo que é formado com acentos, símbolos, letras e números. Isto não é novidade, nesta edição de outubro de 1948, vemos exemplos da criatividade usada com o teclado de uma máquina de escrever, por incrível que pareça as maquinas de datilografia não eram tão acessíveis, a maioria das pessoas não tinha uma em casa. Quem mais as usava eram cartórios, delegacias de polícia, escritores, jornalistas, agências de publicidade, roteiristas. O Wikipédia explica a disposição das teclas, no teclado: "QWERTY é o layout de teclado atualmente mais utilizado em computadores e máquinas de escrever. O nome vem das primeiras 6 letras "QWERTY" da primeira linha. 
    A disposição das teclas foi patenteada por Christopher Sholes em 1868 e vendida à Remington em 1873, quando foi visto pela primeira vez em máquinas de escrever. Nesse layout, os pares de letras utilizados com maior frequência na língua inglesa foram separados em metades opostas do teclado, numa tentativa de evitar o travamento do mecanismo das rudimentares máquinas de escrever do século XIX. Ao alternar o uso das teclas, o arranjo evitava o travamento de teclas nas antigas máquinas de escrever: enquanto uma mão acerta uma tecla, a outra localiza a tecla seguinte.
Outros padrões foram propostos, como o Dvorak, mas nunca atingiram a mesma popularidade do QWERTY.
    O layout QWERTY é adotado com alterações em algumas línguas formando os teclados AZERTY e o QWERTZ, em que as letras Y e Z estão trocadas. Símbolos, diacríticos e caracteres acentuados estão em posições diferentes nas variações internacionais do QWERTY".