Paciência ao Extremo, Arte ao Cubo

    Paciência ao extremo, pegar centenas de cubos mágicos, configurar a face que vai ficar para cima para ir formando a figura de um rosto em forma de pixels, que visto a distância forma a figura de um rosto. Configurar a posição de 9 facetas diferentes, a única parte relativamente fácil foi parte do fundo em azul. Claro, sem a ajuda de um gabarito seria praticamente impossível esta proeza. Ele ou ela, só deveria ter feito em cima de uma mesa de vidro para depois poder admirar o lado oposto. A loja que vendeu todos estes cubos mágicos deve estar muito feliz também. Imagino como foi o processo de insight, aquele estalo criativo da pessoa ter a inspiração, e por a ideia em execução. Quando Rubik criou o cubo mágico jamais imaginaria que alguém usaria-o para fazer arte. Se fosse eu que tivesse tido esta ideia, eu iria chamar de: "Arte ao Cubo"; "Arte Cubista em 3d".