Árvore Genealógica Ilusão de Ótica

    Uma árvore genealógica é feita a partir do ancestral mais antigo conhecido, então, vão ramificando-se os descendentes, estabelecendo-se as ligações familiares, entre eles. Embora não seja o caso especifico da imagem do post. O recurso usado nesta ilusão de ótica é formar os rostos a partir do espaço negativo, que é o espaço em volta da figura, ou galhos, neste caso, e por mais estranho que posso parecer, se você conseguir desenhar o espaço negativo, estará, também desenhando a figura, indiretamente, digamos assim. Se você gosta de desafios, e tem interesse em desenho, recomendo ler o livro da Dra. Betty Edwards (Desenhando Com o Lado Direito do Cérebro). Embora eu já soubesse desenhar, quando a professora de Educação Artística, apresentou esta técnica, foi muito interessante, e inesquecível. Principalmente, porque a forma do desenho em traços que era para reproduzirmos, estava pregada de cabeça para baixo na lousa. O que todo desenhista já faz instintivamente, usar as relações espaciais, de proporção, nesta técnica quem não está acostumado, passa a usar o lado direito do cérebro, pois, o hemisfério esquerdo, responsável pela fala e racionalidade, não consegue decodificar aqueles traços, ele que fica no controle quase todo o tempo que estamos em vigília, é obrigado a ficar de lado, dando espaço ao hemisfério direito. É um tipo de concentração difícil de expor em palavras, e se o desenhista tentar explicá-la durante o processo do desenho, ele não estará mais nela, e sim voltando ao hemisfério esquerdo, responsável pela fala.