Morangata

        Os olhos, focinho, bigodes e cauda foram feitos com pincéis do Photoshop. Os morangos, porém, são reais, eles são geminados, grudados, morangos gêmeos siameses, popularmente, os frutos com essa anomalia são chamados frutos inconhos ou frutos felipe (filipe), essa anomalia ocorre em goiabas, mangas, bananas, café, entre outras. Se pesquisarmos, ainda existe os lipes, se forem 3 frutas grudadas, é trilipe, se forem 4, tetralipe.  A crendice que permanece, até hoje, é a de que, caso alguém coma sozinho as duas frutas, terá filhos gêmeos siameses.  Como existe sempre uma variante das crendices, em alguns casos, acredita-se que ela não deva ser comida de forma alguma nem somente uma delas. Ainda, segundo a crendice popular, uma mulher que não consiga engravidar, ao comer uma fruta geminada, no futuro, engravidará.  Geneticistas e especialistas em reprodução humana devem discordar categoricamente. Apesar de toda  a explicação cromossômica anômala, alguns preferirão não comer as frutas grudadas ou siamesas. Lembrando-se de conselhos de avós, bisavós, tataravós, tias é muito mais simples não comer, por um desencargo de consciência ou deixar as frutas geminadas para que os avôs, avós, bisavôs e bisavós, que não pretendem mais ter filhos,  comam-nas.  Algum tio ou tia solteiro, desafiadoramente, poderá comer as frutas geminadas. Como alguns casos extremos sempre existem, não seria raro imaginar alguém que, no passado, tenha ficado com medo de ter filhos gêmeos siameses, por ter comido, sem saber ou inadvertidamente, alguma fruta geminada. É apenas uma hipótese, mas, se isso aconteceu alguma vez, a fruta geminada, que foi consumida, causou um efeito contraceptivo por tabela, ou seja, quem a comeu evitou ter filhos por medo de eles nascerem gêmeos siameses. Talvez, pelo trauma das consequências de se comer o fruto proibido, ou melhor, o pseudofruto proibido, melhor ainda, segundo a botânica, comerem o receptáculo floral proibido (a parte comestível da maçã),  segundo a versão bíblica, já que foram expulsos do paraíso, para que arriscar a ter filhos gêmeos siameses. É dito que a maçã não seria típica da região onde estaria localizado o Jardim do Éden, que a macieira não existia na Mesopotâmia, as alternativas regionais, segundo a ciência, seriam: laranja; pêssego; cidra; marmelo. O nome do fruto ou pseudofruto proibido, a maçã, não é revelado na Bíblia. A maçã estaria pagando o pato até hoje?.  O efeito Adão e Eva pode ter tido alguma repercussão, inconscientemente, na escolha em não comer as frutas grudadas. Deixando a questão do pseudofruto proibido, voltando para  o morango,  que, assim como a maçã, é um pseudofruto, um fruto falso, o que comemos de saboroso e suculento é o receptáculo floral, os frutos são os pontinhos escuros no morango. Receptáculo floral, que nome floreado, parece um dispositivo que os Caça-Fantasmas  lançaram na primavera, mas é pura botânica.  O morango é um pseudofruto tão falso, tão pseudo, que, como vimos na foto, ele pode até se passar por uma gata, mudando de reino, com a ajuda do Photoshop. Se fosse um desenho animado, seria a mistura da Moranguinho  com a Hello Kitty, nesse caso, Hello Kitty com boca, não a original, “desbocada”. Pensando melhor, se virasse um desenho animado para as meninas, acho que Morangata seria um nome mais criativo. Se fosse mamão, seria mais fácil identificar se é fêmea ou macho, caso fosse no desenho do Tom & Jerry, seria pelo batom e cílios e saia das gatas, como não é o caso, pelo detalhe rosa na bochecha, eu diria que é uma gata.