Vestido de Plástico Bolha, Vestida Para Estourar


       Mais uma moda que pode não pegar, mas,  com certeza será um estouro, ou melhor, centenas de pequenos estouros das bolhinhas do plástico bolha. A maioria da pessoas gostam de estourar o plástico bolha, depois que se diminui a euforia de receber, instalar e usar o produto que acabou de chegar, é quase certeza, que alguns dias depois ou num momento ocioso, as bolhas do plástico bolha serão estouradas. Este vestido feito de plástico bolha causará duas reações, caso ela seja tão descolada a ponto de sair com ele para um passeio, primeiro vai causar raiva nas pessoas, pois, embora seja plástico bolha, é, ao mesmo tempo, um vestido também, e um vestido em público, fora da loja, vestindo um corpo feminino é intocável. A outra reação será a das amigas dela, estourando as bolhas enquanto conversam com ela, o que para ela será muito irritante. Esse vestido seria um bom passatempo para as mulheres, quando elas estivem na fila do supermercado, na fila do banco, no congestionamento, etc. Certamente, faria um grande sucesso na São Paulo Fashion Week, não seria a primeira vez que modelos fazendo referência a ecologia, a reciclagem, desfilariam,  já houve desfiles de vestidos feitos de tampinhas de garrafas PET e outros materiais recicláveis. Esta moça com certeza  gosta de customizar (se é foi ela mesma que fez a roupa) as próprias roupas, inventar estilo, testar materiais diferentes. Ela tem um futuro promissor na moda, esta cicatriz na mão esquerda, deve ter sido fruto dessas invenções (seja como for, a cicatriz existe, independente do plástico bolha ou dela customizar as roupas), bom na verdade, existe mil e uma maneiras de arrumar uma cicatriz, inventando moda, testando materiais, cortando, fazendo experiências, pode ter causado a cicatriz ou mesmo um evento que nada tenha a ver com a moda. Inclusive, esta foto pode ter sido tirada no backstage, nos bastidores, de um desfile de moda.Há na internet alguns emuladores ou imitadores de estouro de plástico bolha na internet, vai passando o mouse por cima e as bolhas vão sendo estouradas, claro, não tem a mesma graça que estourá-las com os próprios dedos no mundo real.