Existem Dois Tipos de Pessoas

        Se a borda não for recheada com catupiry, realmente, esses dois tipos de pessoas estão bem definidos, os que comem a borda, e os que não a comem. O catupiry pode fazer quem não come a borda, mudar de ideia. Sempre haverá quem não ira comê-la, não importa com o que esteja recheada. Eu arrisco a dizer que quem come a borda da pizza, também come a casquinha de sorvete. A pizza desafia a lógica de começar a comer pela beirada, onde começa a esfriar primeiro, por uma questão de comodidade, facilidade e lógica, não faria sentido engordurar a mão, segurando no queijo ou recheio para comê-la. Mesmo ser for servida no prato, para se comer com faca e garfo, ela começa a ser cortada pela ponta ou a borda já é retirada de uma vez cirurgicamente.  Embora muitos prefiram suco natural, a dupla pizza e refrigerantes à base de cola é imbatível.  O que leva a mais dois tipos de pessoas que optam por uma das duas marcas mais famosas disponíveis no mercado. Nessa questão dos refrigerantes de cola, há quem goste das duas. Os refrigerantes que imitam as frutas e os de guaraná são muito bem-vindos. A pizza é a atriz principal, os refrigerantes são os atores coadjuvantes. Nessa comparação, até um refrigerante figurante tem seu valor.  A perfeição é, depois da pizza salgada, a sobremesa de pizza de chocolate. Acordar no outro dia e comer um pedaço de pizza, ou, o que acontece muito, terminar o serviço de madrugada mesmo. Saber que há um pedaço de pizza, de madrugada, dá uma sensação de paz degustativa incrível.  A pizza é uma das poucas comidas que eu consigo comer fria. Claro que não é a mesma coisa, mas ela consegue manter a majestade, mesmo perdendo  a vantagem térmica do calor. A pizza é uma incitadora do pecado da gula. Ela  já fez muitos irmãos e irmãs, mesmo comendo a parte deles, cortarem um pequeno pedaço de cada lado da parte do outro e comer as tiras, tomando o cuidado para manter a forma triangular, para o irmão não perceber, ele vai comer a parte dele depois, mas isso só funciona quando só resta um pedaço de pizza, se houver dois, terão que fazê-los ficar do mesmo tamanho, o que acaba sendo uma vantagem. Comer a parte da outra pessoa é errado, por isso eu disse pecado da gula. Quando sobram dois pedaços, a vontade de pegarem o maior é forte, mas, por educação, pegam o menor pedaço, torcendo para a outra pessoa pegar primeiro, o que faz com que ela fique com o maior, que era o que ela queria. Todos sabemos que devemos ter uma alimentação saudável, comer saladas, legumes, frutas, realizar atividades físicas, porém, de tempos em tempos, ela entrará em cartaz novamente, a  pizza.