Em Algum Lugar Desse Mundo...

        Depois de afirmação que em algum lugar do mundo existe um sósia nosso, outra afirmação diz que a pessoa perfeita pode não se encontrar em solo nacional, afirmação feita globalmente, pois envolve o mundo todo.  Depois de afirmar que a outra metade da laranja pode ter nascido em plantação estrangeira, vem um quase balde de água fria, só salvo pelo fio de esperança: “é quase certo”, não há cem por cento de certeza, o que é muito alentador. Antes mesmo da internet como a conhecemos hoje, graças às correspondências e anúncios de pessoas interessadas em amizades, muitos casais internacionais ou multinacionais se conheceram assim, trocando correspondência, muitas dessas cartas célebres viraram "livros", outras, é verdade, tornaram-se confissões póstumas de adultério. Depois dos navios, os aviões aceleram mais esse processo de globalização amorosa, ainda mais com a possibilidade trazida pela internet, onde pessoas de culturas totalmente diferentes podem se conhecer. Há os famosos sites pen pals, que significa amigos por correspondência ou e-mail, as redes sociais. Existem também sites que se propõem a tentar encontrar a cara metade, pelo menos, tentar dar uma ajuda. Existe sempre a barreira da língua, mas o que é aprender uma língua nova, se comparado a encontrar a mulher perfeita. Nesses casos, a língua inglesa se torna uma tábua de salvação linguística. Imaginar que a mulher perfeita pode estar numa região longínqua, parece meio desanimador, ao mesmo tempo, curioso, principalmente, quando todos sabemos que perfeição é só uma idealização. Ainda que se encontre a outra metade da laranja, não se pode esquecer da casca, que são os defeitos, sem contar as sementes, que poderiam ser algumas discussões, é muito normal e natural. Muitos discordam que essa busca seja internacional, basta fazer uma visita em chats, é muito comum ver pessoas digitando no aberto que só querem teclar com pessoas do mesmo estado da federação, principalmente, quando colocam as siglas dos estados no final dos nicknames (apelidos). Para essas pessoas, a busca internacional pela "pessoa perfeita" não faz o menor sentido, apostam e investem num namoro virtual estadual (regional), que muitas vezes resulta em muita decepção e traições virtuais, acreditando que há sim fronteiras para o amor, talvez, seja um otimismo misturado com comodismo, achar que a pessoa perfeita pode até morar no mesmo bairro ou cidade, e uma coincidência virtual, um encontro acidental numa sala de bate papo as fará se conhecerem, acredite se quiser, esses encontros improváveis já aconteceram. Para muitos, não há nada que um voo e muita força de vontade não resolvam. Além dos chats, que muitas vezes são chatos, existem os aplicativos, apps, existem muitos deles gratuitos, com o objetivo de ajudar nessa busca, inclusive, internacionalmente, app para azaração, "ficar", paquera, namoro, rolo, enrolar, perfeito, ideal, por afinidades, quem sabe, até por complementaridades. Um app que tem causado muita polêmica não se destinada a encontrar a pessoa perfeita, mas depois que ela supostamente foi encontrada, poderia ser chamado de "administrador de relacionamento", "fomentador de discussão de relacionamentos" ou "prova de amor (confiança)" melhor que dar senha do Skype para a namorada, é o chamado rastreador de namorado, esse app é capaz de rastrear onde o namorado(a) está e enviar cópias de SMS com quem ele(a) conversou, e quais mensagens foram enviadas para ele(a). Até acionar remotamente o celular e escutar as conversas ao redor. O desenvolvedor deixa claro que o app deve ser instalado com o consentimento da pessoa (namorado, namorada, ou qualquer outro estado civil), se você pensou em usá-lo para fins de espionagem, não importa de quem, é bom estar ciente do que diz a lei: A utilização para fins de vantagem ilícita, de espionagem, pode se constituir como crime nos termos do artigo 154-A do Decreto-Lei nº 2.848/1940. O crime de interceptação telefônica e telemática é previsto no artigo 10 da lei nº 9.296, com penas de 2 a 4 anos de prisão. Isto é, a pessoa precisa saber que o app está instalado no celular dela, que o consentimento dela foi dado, caso contrário, constitui-se crime. Antes de terminar o post, só para pensar, e se a pessoa perfeita existiu noutra época?. As possibilidades são determinadas não só pelo espaço, mas pelo tempo. Certamente, se a pessoa perfeita não existir nesse tempo, existiu noutro...